Aneurisma cerebral: o que é, sintomas, causas e tratamento dessa doença que é uma bomba relógio

Um aneurisma cerebral pode provocar um AVC hemorrágico, consideravelmente grave, de acordo com o tamanho do sangramento. Mas o que é um aneurisma cerebral? É uma dilatação num dos vasos sanguíneos que leva sangue até o cérebro. A parte do vaso sanguíneo que tem a dilatação contém uma parede mais fina, ou seja, aumentando o risco de ter um rompimento e provocando o AVC.

Aneurisma cerebral: o que é, sintomas, causas e tratamento

O aneurisma não contém nenhuns sintomas, apenas quando se rompe, causando uma grande dor de cabeça. Em algumas pessoas podem ocorrer uma sensação de que a cabeça está com uma temperatura alta, além de uma sensação de que o sangue se espalhou por toda a cabeça.

A forma de se curar um aneurisma cerebral, é através de uma cirurgia, mas apenas quando se rompe. Outra forma que é bastante usada pelos médicos é a regulação da pressão arterial, assim irá reduzir as chances do vaso sanguíneo se romper, causando um AVC.

Principais sintomas

Como saber se você tem um aneurisma? Neurologistas explicam - Notícias - R7 Saúde

Como dito antes, o aneurisma não causa quaisquer sintomas, e pode ser acidentalmente identificado através de um exame ou quando se rompe. Quando há um rompimento, geralmente as pessoas começam apresentar sinais como dor persistente atrás dos olhos, pupilas dilatadas, visão duplicada e formigamento no rosto.

Dor de cabeça muito intensa e repentina;

Náuseas e vômitos;

Pescoço duro;

Visão dupla;

Convulsões;

Desmaio.

Estes são os sintomas que são muito parecidos com o AVC hemorrágico ou quando há um vazamento.

Possíveis causas do aneurisma

Até os dias atuais não se sabe ainda o que leva ao desenvolvimento de um aneurisma cerebral, porém, existem algumas causas que podem aumentar drasticamente o risco do desenvolvimento.

Ser fumante;

Ter pressão alta descontrolada;

Utilizar drogas, especialmente cocaína;

Consumir bebidas alcoólicas em excesso;

Ter histórico de aneurisma na família.

Como é feito o tratamento

O tratamento irá depender da condição do aneurisma, se ele foi rompido ou não. 

1- Não rompido.

Há possibilidades de o médico não tratar do aneurisma não rompido. O motivo? Durante a cirurgia as chances de rompimento não aumentadas, e por isso preferem ficar avaliando regulamente se o aneurisma não está evoluindo. Dependendo da condição, o médico pode descrever medicamentos para controlar.

2- Rompido.

Neste caso, quando o aneurisma se rompe, o mais apropriado a se fazer é ir imediatamente há um hospital, para que os médicos comessem o tratamento, na situação, uma cirurgia. Quanto mais cedo for trato, menores são as chances de se desenvolver sequelas.



Escrito por Rose