Ao sair em defesa de cantor Belo, Xuxa critica presidente Jair Bolsonaro: “O presidente cria aglomeração todo hora”

Um dos assuntos mais comentados dos últimos dias é a prisão repentina do cantor Belo. Para aqueles que não estão sabendo, o cantor foi preso nesta última quarta-feira, 17 de fevereiro após ser acusado de gerar aglomeração no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

Pois bem, muito presente nas redes sociais, a apresentadora Xuxa Meneghel, de 57 anos recorreu ao seu perfil do Instagram para defender o famoso, no entanto, ao sair em defesa de Belo, a artista acabou criticando o atual presidente da república Jair Messias Bolsonaro (sem partido) e causou uma grande polêmica.



Na ocasião, a eterna rainha dos baixinhos ressaltou o fato de que o presidente também causa aglomeração e nunca foi punido pelo fato. “O filho do presidente participa de festinha em casa de veraneio (lembra que gravaram?) e ninguém fez nada. O próprio presidente cria aglomeração e tumulto, fotografa com pessoas que vão vê-lo e nada acontece.”, disparou no início.

Em seguida a apresentadora se mostrou indignada pela forma como as leis são executadas para uns e não são para outros. “As praias estão lotadas, bares aqui no Rio entupidos. Por que a lei serve para uns e não para outros? Qual é o critério de escolha? Esse sim e esse não? Ser artista hoje em dia é errado e ser político ou gostar dessa política é correto, por quê?“, questionou.

Vale ressaltar que Belo foi solto na quinta-feira, 18 de fevereiro e em defesa disse que a responsabilidade sobre os protocolos sanitários são dos contratante: “A responsabilidade sobre os protocolos sanitários de eventos em que eu me apresento, assim como todos os artistas, é exclusiva dos contratantes. É o mesmo caso da escolha do local em que as apresentações ocorrem. Garanto a segurança do meu staff e me preocupo com a proteção do público, mas quem responde por ela, nesse caso, era da produtora que me chamou para cantar.“, disse.

Fonte: Áreavip



Escrito por italo