Após demissão de Camila Queiroz, Globo se prepara para destruir a carreira da atriz; afirma site

A emissora Globo, após demitir Camila Queiroz, pondera processar a atriz por dano extrapatrimonial que teria sido causado à rede Globo após a saída de Camila da série Verdades Secretas 2 antes do fim das gravações.

A atriz, segundo a Globo, teria feito exigências inaceitáveis para terminar a gravação de Verdades Secretas 2, como mudar o destino da personagem Angel, interpretada por Camila. Além desta exigência haveria também a demanda de que a personagem estaria numa eventual terceira temporada.

A personagem Angel, na versão defendida pela Globo, deveria morrer no final da temporada, e a atriz não concordou com este desfecho, fazendo então as exigências para a mudança da trama.

Camila Queiroz conta uma versão diferente da história, dizendo que foi vítima de retaliação por parte da rede Globo em razão de ter assinado um contrato com a plataforma de streaming online Netflix.

Camila explica que a trama era outra, que seguia um rumo muito mais coerente com o que já foi apresentado e que a emissora garantiu a ela que esse seria o desfecho apresentado, mudando a história no último momento para que Camila não mais participasse da série.

A emissora Globo diz que Camila não poderia ter assinado com a Netflix para o ano que vem como fez, que isto configura quebra de contrato e que eles tem provas materiais para seguir adiante com o processo.

O escritório 13th Productions que agencia a carreira de Camila também seria atingido caso o processo realmente siga adiante. Eles se pronunciaram dizendo “nosso time é uma família. Todas as decisões são tomadas em conjunto e respeitando sempre o que nossos artistas desejam. E defenderemos todos através da verdade”.

 

Fonte: uol



Escrito por Jornalista Web

Informação de qualidade em tempo real.