Bolsonaro enterra o Renda Brasil e faz anúncio sobre o futuro do Bolsa Família; saiba mais

Nesta terça-feira (15), o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido – RJ), anunciou que o programa Renda Brasil está fora de cogitação e que no seu governo “está proibido” falar sobre este assunto.

O Renda Brasil seria o programa do governo Bolsonaro para distribuição de renda para marcar seu governo e substituir o Bolsa Família criado pelo governo do PT (Partido dos Trabalhadores).

Com o fim do auxílio emergencial, o Renda Brasil, seria implantado para garantir as famílias carentes o básico para a sobrevivência.

Jair Bolsonaro, decidiu por enterrar de vez o Renda Brasil, após o secretário especial da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, revelar em entrevista ao ‘G1’, que para garantir os recursos para implementação do programa, a equipe econômica estudou congelar benefícios como aposentadorias e pensões.

Outra medida que estava em análise pela equipe era a redução das parcelas do seguro-desemprego.

Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que cogitar estas ações para garantir o Renda Brasil é um “devaneio”.

E a última coisa, para encerrar: até 2022, no meu governo, está proibido falar a palavra Renda Brasil. Vamos continuar com o Bolsa Família e ponto final”, afirmou Bolsonaro em um vídeo publicado em seu perfil no Facebook.

Visivelmente irritado Bolsonaro fez questão de deixar claro que se alguém vier com ideia como esta, levará um “cartão vermelho”.

Congelar aposentadorias, cortar auxílio para idosos e pobres com deficiência, um devaneio de alguém que está desconectado com a realidade”, completou o presidente.

Jair Bolsonaro afirmou que o programa Bolsa Família deve continuar até 2022.

LEIA TAMBÉM:

Vídeo: presos agonizam no chão com falta de ar, em presídio de Alagoas

Fonte: G1



Escrito por Jornalista Web

Informação de qualidade em tempo real.