Celulares de Gusttavo Lima e Andressa Suita são confiscados, após suspeitas de adultério

Desde o último dia 09 de outubro, quando Gusttavo Lima anunciou que estava se separando de Andressa Suita, que várias polêmicas tem sido atribuídas ao nome do ex casal. De cara, o sertanejo foi acusado de trair Suita.

Muitas notícias de que ele estava se envolvendo com várias modelos também foi noticiada, ele negou todas, e disse que o casamento chegou ao fim porque ele não estava feliz.



Advogados de ambas as partes tomaram os celulares do ex-casal para garantir que qualquer suspeita seja apagada, afirma colunista

Nesta sexta-feira, 13 de novembro, uma matéria de Léo Dias acabou causando ainda mais polêmica. Isso porque o jornalista afirmou que os celulares de ambos foram confiscados por suspeita de adultério, para que o processo de divorcio seja finalizado .

Segundo informações dos advogados do ex-casal, ainda em contato com Leo Dias, as partes estariam em uma operação de guerra para garantir que qualquer suspeita possa ser apagada: desde uma limpa completa nas redes sociais e mudanças de números de telefone.

Gusttavo Lima e Andressa viajam juntos para tentar reconciliação, diz colunista - ISTOÉ Independente

Vale ressaltar que, caso haja comprovação do adultério, o contrato é anulado. O veículo procurou advogados especialistas em Direito da Família, que explicaram melhor o caso. A cláusula mais delicada no contrato pré-nupcial assinado pelos dois é a que trata de traição.

Agora é esperar para ver o que vai rolar ainda com esse casal, que está na boca do povo e o desenrolar dessa história de celulares confiscados e adultério.

 

Fonte: Leo Dias/Metrópoles



Escrito por Joseph