Com o novo auxílio emergencial de 2021, o Bolsa Família poderá sofrer mudanças! Entenda os detalhes

Com a aprovação do novo Auxílio Emergencial para 2021, o Governo Federal poderá fazer modificações no Bolsa Família a partir do mês de agosto deste ano.

Confira, Bolsa Família 2021

Prefeitura Municipal de Itapecerica - MG - ATENÇÃO BENEFICIÁRIOS DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA

João Roma, atual ministro da Cidadania, afirmou em entrevista que o governo federal pretende reformular o programa Bolsa Família após os novos repasses de auxílio emergencial.

“Estamos, sim, estudando uma reestruturação do programa para que, já em agosto, após a última parcela do auxílio, os beneficiários do Bolsa Família possam encontrar um programa mais robusto. Isso pode, de fato, servir como um caminho intermediário na saída de ajuda para também retomar o crescimento econômico brasileiro e avançar com essa rede de segurança”.

Após cortes no Bolsa Família, governo destinará 3 bilhões de reais | VEJA

O presidente Jair Bolsonaro já havia se pronunciado sobre a reformulação do Bolsa Família, e em ocasiões passadas chegou a revelar que pode haver mudanças no valor do programa.

Em dezembro do ano passado, 2020, foi revelado que o benefício poderia atender mais de 20 milhões de pessoas de baixa renda. E que também haveria um microcrédito para os empreendedores de micro ou pequenas empresas, como segurança.

O valor definitivo ainda não foi concretizado, mas as parcelas podem ser arredondadas de R$ 192 para R$ 200. Até o mês de agosto o valor pode sofrer mudanças.

Confira abaixo algumas mudanças que podem ser implementadas no programa:

  • Valor  do Bolsa Família ficará entre R$ 192 para  R$ 200
  • Mais de 1 milhão de famílias estão na lista de espera e serão avaliadas pelo governo
  • Concessão do auxílio creche  de R$ 52 mensais por criança;
  • Os alunos com melhor desenvolvimento receberão o prêmio de R$ 200.

 

Fonte: BrasilNews



Escrito por Rose