Corinthians pode ter surpresa mais que inesperada na escalação contra o Bahia

O técnico interino Dyego Coelho pode vir a surpreender a torcida do Timão. Isso porquê, caso o departamento jurídico não obtenha sucesso em reverter a situação de Jô, punido pelo STJD, o técnico poderá repetir o esquema utilizado por Carillo durante o Paulistão 2018, ou seja, o 4-2-4 sem centroavante.

Como Boselli também não deverá estar a disposição do treinador, Dyego poderá fazer uma linha ofensiva sem referência, com dois abertos e dois por dentro, além dos dois volantes logo atrás e a zaga composta por quatro jogadores.

Durante o Paulistão de 2018, Carille lançou mão de Gabriel e Maycon, como volantes, e mais quatro ofensivos: Jadson e Rodriguinho por dentro e Romero e Clayson pelas laterais.

Já em 2020, além de dois volantes, o técnico interino do Corinthians deve optar por Otero e Vital por dentro e outros dois pelas laterais, posições que estariam sendo disputadas por Ramiro, Mosquito e Everaldo.

Vale ressaltar que outros três jogadores se encontram lesionados: Luan, com um estiramento na coxa direita, Léo Natel, com uma lesão muscular na perna esquerda e Michel Macedo, que sofreu uma pancada no tornozelo direito.

Um provável Corinthians sem Jô para enfrentar o Bahia seria: Cássio; Fagner (Bruno Méndez ou Igor Formiga), Gil, Avelar e Lucas Piton; Cantillo e Éderson; Ramiro (Mosquito), Otero, Vital (Araos) e Everaldo.

Fonte: Meu Timão

Escrito por Higor Mendes