Empregada de DJ Ivis abre o jogo e faz declaração sobre agressão contra Pamella

Recentemente, a denúncia de Pamella Holanda, sobre as agressões cometidas pelo então marido, o DJ Ivis tem sido um dos assuntos mais comentados.

Segundo as informações, o crime teria acontecido no dia 01 de julho e foi registrado no último dia 03, e desde então a Polícia Civil do Ceará, instaurou um inquérito para investigar a ocorrência, ainda na mesma ocasião, a Polícia Civil solicitou ao Poder Judiciário em caráter de urgência medidas protetivas em favor da vítima.

Nesta quarta-feira, 14 de julho, a empregada doméstica de DJ Ivis, foi até a Delegacia Regional do Eusébio para prestar esclarecimentos acerca das agressões. Segundo Maria Vaneide, ela nunca presenciou agressões física contra Pamella Holanda.

Apesar de optar por não conceder entrevista, o delegado adjunto, Tarsio Facó, disse que a segunda testemunha ouvida pela polícia do Ceará, havia dito durante o depoimento que não presenciou qualquer tipo de agressão física sofrida por Pamella como nas imagens divulgadas nas redes sociais no final de semana.

No entanto, Maria Vaneide disse que o relacionamento de Pamella com Ivis era conturbado devido ao ciúmes que a esposa teria do DJ.

Vale ressaltar que Pamella Holanda deve passar por um novo exame de corpo de delito após 30 dias do primeiro exame. Segundo o delegado responsável pelo caso, o novo exame pode constar hematomas e lesões decorrentes das agressões físicas sofridas pela vítima.

Fonte: Metrópoles



Escrito por italo