Festa de casamento com mais de 100 convidados é interrompidada pela Polícia Militar e guardas municipais

Uma festa que estava acontecendo na Ilha do Governador, localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro foi interrompida pela Polícia Militar e guardas municipais.

Os vizinhos não gostaram da festa que causou aglomeração e resolveram denunciar. Na festa havia mais de cem convidados.

Quando as autoridades chegaram no local o evento foi interrompido. Inclusive, a pessoa responsável por organizar a festa foi levada para a 37ª DP e notificada.

Guarda Municipal e PM interrompem festa de casamento com mais de cem  convidados e uma bateria de escola de samba no Rio | Rio de Janeiro | G1

A prefeitura emitiu um comunicado no qual disse que a Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização vai apurar toda a documentação do estabelecimento. Ainda afirmou que o local não tem autorização para fazer um evento desse tipo.

Repercussão na web

O evento acabou repercutindo nas redes sociais e gerou reações negativas por parte de muitos internautas.

“100 ignorantes que estavam brincando com a vida.
A irresponsabilidade do brasileiro em relação aos cuidados básicos é inacreditável.
E segue o jogo, rumo aos 150 mil mortos!”, comentou um internauta.

Outra internauta que classificou as pessoas como irresponsáveis escreveu:

“Quanta irresponsabilidade, como que as pessoas não se amam, amanhã estão todos contaminados.”.

“Ônibus cidades Rio janeiro está todos lotado ninguém fala nada”, defendeu um internauta.

As opiniões nas redes sociais se divergiam. Enquanto um grupo é contra qualquer tipo de evento que cause aglomeração, outras pessoas opinam de forma a não se importar muito.

Fonte: G1



Escrito por Redação TOp