Homem ‘mais sujo do mundo’ falece após tomar primeiro banho e história viraliza na web

Um iraniano que não tomava banho ficou conhecido como o ‘homem mais sujo do mundo’, mas este ermitão morreu neste último domingo, dia 23. E o que chama a atenção é que ele veio a óbito meses após tomar o primeiro banho.

A agência de notícias Irna confirmou a notícia, assim como o jornal britânico Guardian. O homem tinha 94 anos de idade e morava em uma pequena vila que fica na província de Fars, chamada de Dejgah.

Moradores dessa vila, localizada no sul do Irã, ficaram comovidos com a morte do ermitão que era chamado de Amou Haji, ou ‘tio Haji’. Ele teria ficado mais de 60 décadas sem tomar banho e nem se limpar.

Vizinho do tio Haji contaram à imprensa local que ele teve um trauma quando jovem e por esse motivo se recusava a tomar banho, por isso estava sempre sujo.

O ermitão ficava coberto por uma fuligem e as pessoas na vila contaram que ele se alimentava de animais mortos. Para fumara, ele colocava excrementos de animais em seu cachimbo e quase não conversava com as pessoas.

Em 2014 o Tehran Times fez uma reportagem com o tio Haji e ao entrevistá-lo, o ermitão contou que se tomasse banho e limpasse sua pele poderia até mesmo ficar doente, por isso preferia ficar sujo.

Algumas pessoas na vila o convenceram a tomar banho e depois de alguns meses ele faleceu. Ainda não foi confirmada a causa da morte do idoso.



Escrito por russel