Lembra qual vestido ela usava? Há 14 anos, Geisy Arruda era expulsa pela polícia na faculdade, por estar com roupa muito curta

Você se lembra? Fazem exatamente 14 anos do dia em que a então estudante de turismo Geisy Arruda foi hostilizada, perseguida e teve de ser retirada sob escolta policial da faculdade Uniban, em São Bernardo do Campo, na Grande S. Paulo, por usar um vestido muito curto na aula.

Tudo aconteceu quando a estudante foi direto da balada para a sala de aula com um vestido cor de rosa curtíssimo:

“Era uma quinta-feira comum, dia de balada. Fui para a faculdade com roupa de balada. Quando eu cheguei recebi assovios e olhares, mas até então nada incomum, eu era muito paquerada. Mas na hora do intervalo houve uma grande comoção. Todos foram para a frente da minha sala e começaram a me ofender. Me chamaram de puta e vadia”.

Relembre!

Geisy Arruda usava este vestido rosa quando foi hostilizada em faculdade em outubro de 2009 — Foto: Reprodução/TV Globo

Após ser expulsa, Geyse contou que a sala de aula era de vidro e que a ofensiva do lado de fora foi crescendo, de forma que seus colegas do lado de dentro ficaram “com muito medo”, foi quando o professor chamou a polícia e ela saiu da faculdade escoltada por 5 policiais.

Geyse conta que na ocasião trabalhava em um mercadinho de Diadema, na Grande São Paulo, fatiando frios como presunto, mortadela e presunto e recebia um salário de R$ 500 mensais, ela diz que era feliz com a vida que levava.

Depois da expulsão da faculdade, ficou famosa, fez várias cirurgias plásticas e revela que seu próximo passo será lançar sua biografia.

 

 

 

 



Written by acesso@admin-wp