Luisa Sonza é processada por suposto ato racista; “me deu tapa e mandou que eu buscasse água”; cantora nega

Luisa Sonza não sai mais da boca do povo e muito menos das manchetes dos jornais e revistas. Desde que assumiu seu relacionamento com Vitão no último dia 10 setembro que Luisa Sonza vem sendo um dos assuntos mais comentados nas redes sociais.

FRETE GRÁTIS SOMENTE HOJE

Patrocinado

Porém, desta vez a situação é bem diferente, Luisa Sonza, ex-esposa de Whindersson Nunes, voltou a ser destaque na imprensa por estar sendo processada por um suposto ato racista.

De acordo com o portal de notícias online do jornal ‘Extra’, o processo está correndo no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, na 19ª vara cível, a autora pede indenização por danos morais tanto a Luisa Sonza quanto a pousada.

O caso aconteceu em setembro de 2018, durante um festival gastronômico em Fernando de Noronha, na Pousada Zé Maria. A autora do processo é Isabel Macedo de Jesus, a cantora teria a agredido com um tapa e ordenado que ela lhe servisse água.

Indicada como 'Cantora do Ano', Luísa Sonza dispara: ''Insistiam em não me reconhecer como cantora'' | Contigo!

Isabel relatou que mesmo sem usar o uniforme que todos os funcionários da pousada usavam, Luisa a tratou como uma serviçal por causa da cor de sua pele.

Entenda mais sobre o processo lendo abaixo:

Luisa Sonza nega que este fato aconteceu e reagiu nas redes sociais; confira:

LEIA TAMBÉM:

Thiaguinho e Fernanda Souza trocam declarações nas redes sociais e fãs entram em êxtase, confira

Fonte: Extra


Patrocinado

Escrito por Fabiana

Jornalista digital há 10 anos. Experiência nos mais diversos nichos, como por exemplo, TV e Famosos, atualidades, política, decoração, universo feminino, saúde, qualidade de vida, entre outros.