Luto: Morre bebê com atrofia muscular que precisava de remédio mais caro do mundo e despedida comove internet

N último sábado, 26 de setembro uma notícia deixou a internet extremamente triste, isso porque a bebê Aysha Goerigk morreu. Ela morava em Americana (SP), ela tinha Atrofia Muscular Espinhal (AME). Uma campanha para ajudar mobilizou milhares de pessoas, que tinha o intuito de comprar remédios, que eram os mais caros do mundo.

O comunicado da morte foi feito pelo perfil oficial criado para a campanha de arrecadação: “Tentamos tudo o que foi possível, mas cremos que o tempo de Deus é muito maior do que nosso desejo de tê-la em nossos braços”.

Luto! Clube comunica morte trágica de jogador, de apenas 17 anos O Dia - Esporte

Aysha tinha 5 meses, e sua mãe só notou que ela tinha dificuldade para ganhar peso com um mês, e levou ela no médico. Já foi feito o diagnostico da doença e ela precisou ser internada para que o estado clínico fosse preservado.

A AME interfere na produção de uma proteína essencial para sobrevivência dos neurônios motores. Sem ela, os pacientes perdem o controle e a força dos músculos, têm dificuldade de movimentos e até perdem a capacidade de respirar.

Família comunicou falecimento da bebê Aysha, de Americana, por rede social — Foto: Reprodução/Instagram

Tudo o que foi arrecadado será revertido para uma entidade que dá suporte as mães que tenham filhos com a mesma doença de Aysha. Foi dito que uma quantia vai ser colocada a disposição da família da pequena, caso eles precisem de auxilio.

A internet ficou comovida com a morte da pequena Aysha, e deixou muitas mensagem de carinho para familia na página.

 

Fonte: G1



Escrito por Joseph