Morre jornalista Patricia Muller aos 36 anos e deixa a TV brasileira de luto; ‘Inacreditável, tão jovem’

O jornalismo brasileiro está de luto após a confirmação do óbito precoce da jornalista Patrícia Muller de Araújo aos 36 anos, na noite de quinta-feira, dia 12 de agosto.

A jornalista estava em uma das melhores fases de sua vida quando começou a passar mal, chegou a buscar ajuda médica, foi atendida, ficou internada, mas não resistiu e faleceu deixando familiares e amigos consternados e com grande pesar.

Patrícia morreu aos 36 anos, em Cascavel — Foto: Arquivo pessoal/Imagem cedida

A causa do falecimento está sendo investigado, de acordo com a vigilância epidemiológica de Cascavel, ainda segundo informações, a profissional do jornalismo brasileiro, Patrícia Muller, fez um teste rápido de dengue, que deu negativo.

Porém, familiares foram informados de que ela pode ter tido dengue hemorrágica, e para confirmar as suspeitas, foram colhidas amostras de sangue da paciente, as quais estão  sendo analisadas.

A vigilância epidemiológica informou ainda que, segundo a equipe de endemias do município, a região onde a vítima morava e trabalhava não apresentava registros de larvas de Aedes Aegypti nas últimas semanas.

Familiares informaram que o corpo da jornalista foi velado nesta sexta-feira (13), na capela C, do Cemitério Cristo Redentor, no Bairro Guarujá. Amigos e colegas da imprensa lamentaram a morte da jornalista, que era uma profissional muito capacitada e respeitada por todos.



Escrito por Rose