Motociata com Bolsonaro reúne milhares em SP em meio a avanço da pandemia

Para aqueles que gostam de estar sempre por dentro de assuntos relacionados a política, não é novidade os encontros que estão sendo realizados, alguns a favor do atual presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, outros, pedindo o impeachment do mesmo.

Recentemente, Bolsonaro havia participado de dois movimentos com motociclistas, um em Brasília no dia 9 de maio e outro no dia 23 no Rio de Janeiro. No encontro, milhares de simpatizantes acabaram transformando o movimento em um ato de apoio ao governo.



Após os movimentos, houve uma reação da esquerda, que no sábado, dia 29, organizou protestos pedindo a saída do mesmo da presidência. As passeatas aconteceram inclusive em São Paulo e no Rio de Janeiro.

No entanto, novamente um novo passeio com motociclistas esta sendo organizado nas redes sociais. O movimento está sendo organizado por evangélicos que estão utilizando as redes sociais e o YouTube para marcar um terceiro passeio que será do Sambódromo à Avenida Paulista, no dia 12 de junho.

Os evangélicos são uma das bases mais fiéis de apoio ao presidente, atraídas pela pauta conservadora e de costumes, a passeata terá o nome de “Acelera para Cristo”.

Nesta segunda-feira, 31, ao ser questionado por um apoiador sobre a “motociata” em São Paulo, Bolsonaro disse que ficou “sabendo pela internet”. “Tem vários grupos organizando, estou sendo convidado por vários grupos. Vamos esperar, ver de quem é a organização, para decidir. Dia 12 tem esse encontro lá em São Paulo, que não é para mim, é o ‘Acelera para Cristo’, é isso?”, perguntou. Os apoiadores do governo, no entanto, confirmaram que o ato era para Bolsonaro, que afirmou que a agenda estaria disponível no dia e se mostrou disposto a participar.

Ironias

Sobre os protestos do último final de semana, Bolsonaro chamou de “manifestação do PT” e disse que, se “falaram contra mim”, é um “sinal de que estamos no caminho certo”.

“Você sabe por que teve pouca gente nessa manifestação da esquerda na última semana? Porque a PF (Polícia Federal) e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) estão apreendendo muita maconha pelo Brasil. Faltou erva para o movimento aí. Falto dinheiro também”, afirmou.

Fonte: Veja



Escrito por italo