Papa Francisco declara que homossexuais devem ter direito a união civil; ‘eles são filhos de Deus’

Nesta quarta-feira, dia 21 de outubro, o Papa Francisco afirmou que os homossexuais devem ter direito de viver em família e ressaltou que precisa-se criar uma Lei que garanta a união civil entre eles.

O pontífice falou pela primeira vez, de forma simples e bastante clara, sobre os direitos dos LGBTIs:

“As pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família. Elas são filhas de Deus e têm direito a uma família. Ninguém deverá ser descartado ou ser infeliz por isso”.

Papa Francisco acena para o público durante a audiência de 21 de outubro de 2020 — Foto: Gregorio Borgia/AP

As declarações foram feitas em um documentário sobre o pontífice  “Francesco”, o qual está sendo lançado no Festival de Cinema de Roma, nesta quarta-feira (21).

Dirigido pelo russo Evgeny Afineevsky, o longa-metragem também mostra o depoimento de um casal homossexual italiano que foi encorajado pelo próprio Papa a criar os seus filhos do ambiente da igreja.

30 de setembro - Papa Francisco se encontra com membros do clero após sua audiência geral semanal no pátio de San Damaso, no Vaticano — Foto: Yara Nardi/Reuters

As declarações do líder religioso surge na metade do filme, onde ele fala sobre alguns temas dos quais se preocupa e se importa como a pobreza, desigualdade racial, desigualdade de renda, discriminação, migração e o meio ambiente.

Confira!

Fonte: G1

A história desse homem é o que você verá de mais emocionante hoje!

Lembra do pai que vendia canetas na rua com a filha no colo? Veja o que aconteceu com ele

O homem que surge no vídeo abaixo, fingiu para sua esposa que estaria indo viajar a trabalho, cumprindo ordens da firma onde é empregado, mas na verdade, ele estaria planejando se casar com outra mulher, ela descobriu tudo e o pegou em flagrante.

Confira!

 

Vídeo! Homem diz que precisa viajar a trabalho e mulher o flagra se casando com outra



Escrito por Rose