Por 7 votos a 0, TRE-RJ aprova inelegibilidade de Crivella

O prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) do Rio de Janeiro, está inelegível para a próxima corrida eleitoral.

A decisão foi tomara pelo TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral). A afirmação é que ele será punido por conduta vedada a agente público e abuso de poder. Com a decisão, Crivella está inelegível por seis anos. A votação que ocorreu nesta quinta-feira (24), foi unânime, por 7 votos.

Por unanimidade, Justiça Eleitoral torna Marcelo Crivella inelegível | VEJA

Na última terça-feira (22) o desembargador Vitor Marcelo Rodrigues pediu vistas para que pudesse analisar o processo. Nesse momento o placar de votação já marcava 6 voto as 0. Marcelo afirmou que teve pouco tempo para que pudesse analisar melhor o processo.

O presidente Bolsonaro nomeou Rodrigues ao TRE no último dia 31 de agosto. Após analisar o processo, Rodrigues também votou para que o atual prefeito se tornasse inelegível. Além disse, Marcelo Crivella foi condenado ao pagamento de uma multa de até R$ 106,4 mil.

A decisão do TRE não foi aceita pela defesa de Crivella, que, inclusive, afirmou que irá recorrer da sentença e que seu cliente está apto para disputar a corrida eleitoral.

Repercussão na web

As informações foram publicadas pelo G1 e em seguida compartilhadas em seu perfil oficial no Facebook. A publicação conta com mais de 28 mil curtidas e mais de 2 mil comentários.

A opinião dos internautas se diverge. Enquanto muitos celebram a decisão, outros contestam e defendem Marcelo Crivella com unhas e dentes.

 



Escrito por Redação TOp