Quem é Giovanni Quintella, anestesista preso em flagrante no RJ; ele atuou em mais de 10 hospitais

O comportamento estranho do médico anestesista Gionanne Quintella Bezerra, e a quantidade de sedativos usados nas grávidas prestes a passar por cesariana chamou a atenção da equipe de enfermagem do Hospital da Mulher em Vilar dos Teles, São João Meriti, no Rio de Janeiro.

Giovanni Quintella Bezerra, de 32 anos de idade, se formou em 2017 pelo Centro Universitário de Volta Redonda, no Sul Fluminense, e concluiu a especialização em anestesia no início de abril deste ano e já atuou em pelo menos 10 hospitais públicos e privados no Rio de Janeiro.

Vaidoso, Giovanne postava fotos com vestimentas das unidades de saúde e chegou a publicar um “Vocês ainda vão ouvir falar de mim, esperem”.

Médico Giovanni Bezerra, preso nesta segunda-feira no Rio — Foto: Reprodução

 

Giovanni Quintella Bezerra foi preso pela delegada Bárbara Lomba, da Delegacia de Atendimento à Mulher de São João de Meriti, e indiciado por estupro de vulnerável, cuja pena varia de 8 a 15 anos de reclusão.

Giovanni Quintella Bezerra, o anestesista preso em flagrante por estuprar uma grávida durante a cesariana, demonstrou surpresa ao receber voz de prisão da delegada Bárbara Lomba — Foto: Reprodução

 

A Secretaria Estadual de Saúde e a Fundação Saúde do Estado do Rio afirmaram “repudiar veementemente a conduta do médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra” e se colocaram “à disposição da polícia”.

A Sociedade de Anestesiologia do Estado do Rio de Janeiro também manifestou seu repúdio à conduta do médico.

“Esse tipo de comportamento é um completo absurdo e estamos confiantes de que as autoridades competentes irão apurar o que de fato ocorreu e punir o médico com todo o rigor, caso fique comprovado o crime”.



Escrito por Rose