Saiba como o AAS pode te salvar de um infarto

Uma das maiores causas de morte no mundo é causada pelo infarto do miocárdio. Quando alguém próximo está sofrendo um infarto a primeira reação é ligar para a emergência. Mas um simples cuidado pode salvar a vida de muitas pessoas. Ao reconhecer os primeiros sintomas do infarto, basta tomar dois comprimidos do tão famoso ácido acetilsalicílico (AAS), e logo em seguida acione o Samu 192. Caso a pessoa seja alérgica ao medicamento, o mais recomendado e chamar o resgate.

Hipertensão arterial, tabagismo e diabetes descontrolados são alguns dos fatores de risco que podem prejudicar o revestimento interno das artérias. Nesses casos podem alterar a retenção de gorduras presentes no sangue.



As alterações podem formar um aumento nas placas de gorduras, diminuindo o refluxo do sangue. O aumento das placas de gordura, também irá formar uma nova camada fibrosa, tornando-a mais resistente.

Em situações está camada pode se romper, fazendo com que a gordura fique exposta. Com esta exposição, as plaquetas podem ser juntar e formar um trombo, diminuindo ainda mais o refluxo do sangue na artéria.

Além da diminuição no refluxo do sangue, o coração também recebe menos nutrientes e oxigênio. Nesta situação irá ocorrer um grande desconforto e pressão no peito. E, é neste momento que o medicamento infantil é mais recomendado. São 100mg do ASS com um pouco de água e em seguida acionar a emergência.

Quando o medicamento cair no sangue, irá impedir que as plaquetas responsáveis pela junção ao trombo, e melhorando a passagem do sague.

Vale lembrar que o ácido acetilsalicílico não atua no trombo já formado e nem nas placas de gordura. Por isso o mais indicado é procurar um médico mesmo que o medicamento seja ingerido.

Fonte: UOL



Escrito por Rose