URGENTE: Governo faz comunicado sobre o Horário de Verão 2020

Milhares de celulares, computadores e relógios digitais fizeram a alteração automática para o horário de verão no início da madrugada deste domingo (18).



Em todo o Brasil milhares e milhares de pessoas ficaram sem saber ao certo se realmente o horário de verão havia sido oficializado pelo governo federal.

Nas redes sociais a hashtag #horáriodeverão ficou entre as mais comentadas deste domingo, uma preocupação legítima para todos aqueles que tem seus compromissos a serem executados de acordo com o horário de oficial de Brasília.

Entretanto, vale ressaltar que o horário de verão ficou em vigor entre os anos de 2008 e 2018, a finalidade deste programa que nunca foi uma unanimidade entre os brasileiros, já que ou se ama ou se odeia adiantar em uma hora os relógios, tem como principal objetivo a economia de energia elétrica.

Contudo, há alguns anos a economia esperada pelo governo já não era alcançada e o programa começou a ser questionado.

Fim do horário de verão: como adaptar o seu corpo à mudança | AMBEP

Em abril de 2019, o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido – RJ), encerrou o horário de verão através de um decreto, levando em consideração um estudo do Ministério de Minas e Energia (MME); veja:

Nos últimos anos, com as mudanças no hábito de consumo da população e a intensificação do uso do ar condicionado, o período de maior consumo diário de energia elétrica foi deslocado para o período da tarde, quando o horário de verão não tinha influência. Como a luz traz consigo o calor, o horário de verão também passou a produzir um efeito de aumento de consumo em determinados horários, que já superavam seus benefícios, explicou o MME em nota na época.

Sendo assim, pelo segundo ano consecutivo o Brasil não terá horário de verão. Neste caso pode atrasar seu relógio em uma hora e ficar tranquilo quanto aos seus compromissos.

LEIA TAMBÉM:

Fontes: O Tempo / Techtudo



Escrito por Jornalista Web

Informação de qualidade em tempo real.