Urgente: Jovem invade escola armado com facão e mata crianças e duas funcionárias em SC

Durante a tarde desta terça-feira, 4 de maio, um crime em Saudades (SC) chocou todo o Brasil. Segundo as informações preliminares, uma rapaz de 18 anos teria entrado em uma escola municipal e matado funcionários e alunos.

O jovem teria assassinado pelo menos três crianças e duas funcionárias com uma arma branca, a princípio uma adaga. Após cometer o crime o jovem que não teve a identidade revelada, deu golpes contra o próprio corpo e precisou ser levado em estado gravíssimo para um hospital da região.

Segundo as informações, apenas a professora teve a identidade revelada, Keli Anicevski, foi morta juntamente com uma agente educacional que se encontrava no local na hora do crime. As crianças e a professora morreram na hora.

O delegado responsável pelo caso, Jerônimo Marçal, informou que uma outra criança também foi ferida, no entanto, não corre risco de vida. Já a quinta vítima, chegou a ser socorrida e encaminhada ao hospital em Chapecó, mas não resistiu e veio a óbito.

Ainda de acordo com as informações, ao entrar na escola, o agressor teria atacado primeiro a professora, em seguida foi até uma sala onde estavam as crianças que tinham em torno de 2 anos e a agente.

A Polícia Militar informou que pôr volta das 10h30 o recebeu diversas ligações pedindo socorro. Devido ao grande número de ligações, o 2° Batalhão da PM de Chapecó enviou algumas equipes para prestar apóio a ocorrência.

Durante uma entrevista à NSC TV, o delegado Marçal disse que a polícia chegou a ir na casa do assassino e que lá foram encontrados alguns “objetos estranhos”, sem detalhar do que falava. A polícia acredita que se tratou de um ataque isolado.

“Lá há mais objetos estranhos. Armas, inclusive. O crime está claro, autoria está clara. O que não temos é o motivo que o levou a fazer isso. De qualquer forma, é um motivo torpe. É o que nós vamos descobrir. Nossa maior preocupação é provar que foi um fato isolado. Acreditamos nisso, mas precisamos descartar a possibilidade de que mais pessoas estejam pensando nisso”.

A secretária da educação, Gisela Hermann, deu uma entrevista ao G1 SC e disse que no local a cena era de terror. “Chegamos lá, uma cena de terror. Consegui entrar na escola. Tinha uma cara deitado no chão, mas ainda vivo, uma professora morta, uma criança morta também. A sala estava fechada, não deixaram a gente entrar”, diz. Ainda segundo ela, todos estão em choque e as aulas foram suspensas por uma semana. “Estou em estado de choque. Estamos todos em estado de choque”.

A creche se chama Aquarela e atende crianças de 6 meses a 2 anos de idade. “O cara veio para matar mesmo”, lamenta. O suspeito é natural da própria cidade e tem 18 anos.

A cidade de Saudades tem 9,8 mil habitantes e está a cerca de 600 quilômetros de Florianópolis, capital do estado. A governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr, decretou luto oficial de três dias.

“Manifesto profunda tristeza e presto minha solidariedade. Determinei que o Governo dê todo o amparo necessário às famílias”, escreveu a governadora em uma rede social.

Fonte: Correio24hs



Escrito por italo