Vídeo: 12 anos após a morte da filha, mãe de Eliza Samudio revela o que motivou a morte dela e choca o Brasil; Assista

O caso Eliza Samúdio é um dos que mais repercutiu no Brasil, tanto pela forma como tudo aconteceu, e também por envolver o goleiro Bruno, que na época era um dos atletas mais amados e famosos do país. A jovem foi morta, e até hoje não foi encontrado o corpo dela.

Fruto dessa relação dela com Bruno nasceu um filho, que na época em que tudo aconteceu, ele era bem pequeno, hoje ele está grandinho já e vive com sua avó, mãe de Eliza.

Mãe de Eliza Samudio conta como neto descobriu crime cometido por Bruno | CLAUDIA

Na última quinta-feira, 10 de junho, a morte de Eliza completou 10 anos, e até hoje não foi encontrado o corpo dela. Sônia Moura, deu uma entrevista reveladora em que se pronunciou sobre a morte da filha. Ela insiste que o crime foi uma queima de arquivo.

“Minha filha engravidou depois de quatro meses de convivência e ela sabia muitas coisas do Bruno. Eliza sabia demais e foi morta por queima de arquivo”, afirmou ela

Apavora pensar que pode ser o ídolo de uma criança', diz mãe de Eliza

A entrevista rara foi dada ao canal  “Na Real”, de Bruno Di Simone. Sônia revelou que sua filha e o goleiro bruno tiveram um relacionamento duradouro e afetivo e que as acusações de Bruno são falsas.  “A Eliza não ficou grávida simplesmente por uma noite, Eliza não ficou grávida nessa orgia que o Bruno a expôs na sociedade. Existem provas anexadas das conversas entre os dois. E, em uma delas, ele fala de uma noitada de amor”, explica.

11 anos depois assassinato que chocou o país, mãe de Eliza Samúdio diz que crime foi "queima de arquivo"

Ela também contou que o filho de Bruno e Eliza não sabe de todos os detalhes do crime, só de algumas coisas, e que hoje ele treina em uma escolinha de futebol.

Fonte: O Dia



Escrito por Joseph