VÍDEO: goleiro agride policiais do choque durante partida e time recebe golpes de cassetete e spray de pimenta

E como se já não bastassem as notícias ruins do dia-a-dia em meio a pandemia, ainda temos que lidar com violência no que deveria ser um momento de diversão e descontração para o povo: o futebol.

É comum vermos a polícia tendo que intervir durante partidas de futebol por conta da torcida, porém, este caso é um tanto quanto diferenciado. Nesta segunda-feira (14), o empate em 1 a 1 entre Manaus e Treze-PB acabou em uma briga generalizada.

Após o Manaus empatar o jogo aos 52 minutos do segundo tempo e o arbitro dar 10 minutos de acréscimo, os atletas da equipe paraibana partiram pra cima do assistente alegando um possível impedimento no lance em que o time da casa deixou tudo igual. Após 5 longos minutos de discussão, o batalhão de choque da Polícia Militar precisou intervir e foi aí que a confusão piorou de vez.

Os policiais tentaram separar os jogadores, que estavam muito exaltados, dos integrantes da equipe de arbitragem. Nesse momento, é possível perceber o goleiro Andrey, do Treze, empurrando, dando socos e pontapés no agentes de segurança. Confira as imagens.

No vídeo, é possível ver que após as agressões do goleiro, a Polícia Militar revida com cassetete e logo em seguida atira spray de pimenta em direção aos jogadores. A briga durou cerca de 10 minutos e o árbitro foi obrigado a dar fim à partida antes mesmo que a bola voltasse a rolar.

Fonte: Globo Esporte

Escrito por Higor Mendes