Vídeo mostra momento exato que bolsonarista invade festa, atira e mata petista; Assista

Durante a comemoração do seu aniversário, cuja festa teve como tema o ex-presidente Lula (PT), o guarda municipal Marcelo Aloizio de Arruda foi morto a tiros.

Ele trocou disparos com o policial penal federal Jorge José da Rocha Guaranho, apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL). A morte repercute e alerta sobre a violência politica no Brasil.

Reprodução

Os dois foram socorridos e levados a um hospital de Foz do Iguaçu, onde o crime aconteceu, mas não resistiram aos ferimentos. Marcelo, que celebrava 50 anos de vida, deixa a esposa e quatro filhos.

De acordo com o PT, o policial penal invadiu a festa, gritando e chamando o nome de Bolsonaro. Cerca de 40 pessoas estavam reunidas no aniversário, mas elas não conheciam o invasor.

Guaranho teria apontado a arma para o guarda municipal e feito ameaças. Ele deixou o local na sequência e retornou, pouco depois, disparando contra Arruda. O guarda municipal revidou os tiros, atingindo o Guaranho.

As cenas do momento exato em que os tir0s acontecem, acabaram vazando nas redes sociais e deixou muita gente perplexa.

Assista o vídeo logo abaixo:

Fonte: UOL



Escrito por JC Rosa