Vídeo! Mulher usa as redes sociais para contar como é sua vida por ter nascido com dois órgãos íntimos

Aos 17 anos, a cuiabana Maysa Rodrigues descobriu que tinha uma condição congênita quando foi pela primeira vez ao ginecologista. Ela tem útero duplo. Sendo assim, tem dois úteros, dois colos e dois canais vaginais.

No entanto, a condição é quase imperceptível. Externamente, ela tem uma vulva, um clitóris e o canal da uretra. Maysa demorou para se aceitar e acostumar com a anomalia, mas agora leva a situação de boa e compartilha sobre o assunto em sua rede social.

Crédito: Reprodução/UOL

 

Em entrevista, ela contou sobre o seu trabalho.

“A maioria das pessoas acha inconveniente que eu fale sobre ter dois úteros e dois canais vaginais. Lido com assédio e comentários grotescos, que gostaria de não ter que lidar. Por outro lado, é satisfatório levar minha experiência a outras mulheres e poder dar dicas de autoconhecimento.”

e por fim, afirmou que se sentia bloqueada devido ao problema:

“Tive dificuldade de me conhecer e entender que esse problema me bloqueava. Já senti medo me machucar durante o sexo, senti medo ao saber sobre limites para gestações. Mas, trazer a minha história para o público, nas redes, é um tabu a enfrentar.”

Em sua rede social, ela conta como foi essa primeira consulta ao ginecologista e responde as dúvidas das seguidoras sobre a anatomia. Assista ao vídeo aqui abaixo e entenda melhor o caso de Maysa.

 



Escrito por Rose